Autor: super-admin

Veja 7 alimentos para manter a pele saudável no verão

Veja 7 alimentos para manter a pele saudável no verão

Nutricionista explica o benefício de cada um deles e garante que mudanças simples na dieta podem adiar os sinais causados pela idade

Enfrentar esse calorão acima dos 30ºC, que anda fazendo em grande parte das cidades brasileiras, exige muito do corpo.
Passar protetor solar regularmente e ingerir bastante água são alguns dos
cuidados básicos para manter a pele saudável durante essa época. Mas bons hábitos alimentares são fundamentais para para nutrir as células do corpo e garantir a saúde da pele.
Cleonice Pereira, nutricionista que atende pela plataforma GetNinjas, dá dicas de sete alimentos para que devem ser consumidos nos dias mais quentes. — Se fizermos algumas mudanças simples na dieta podemos melhorar muito a condição da
pele e postergar o aparecimento de sinais causados pela

Leia também: Pele saudável como manter

Enfrentar esse calorão acima dos 30ºC, que anda fazendo em grande parte das cidades brasileiras, exige muito do corpo.
Passar protetor solar regularmente e ingerir bastante água são alguns dos
cuidados básicos para manter a pele saudável durante essa época. Mas bons hábitos alimentares são fundamentais para para nutrir as células do corpo e garantir a saúde da pele.
Cleonice Pereira, nutricionista que atende pela plataforma GetNinjas, dá dicas de sete alimentos para que devem ser consumidos nos dias mais quentes. — Se fizermos algumas mudanças simples na dieta podemos melhorar muito a condição da
pele e postergar o aparecimento de sinais causados pela idade

Abacate: Fonte de vitaminas E, C e antioxidantes, o abacate
ajuda na hidratação e brilho da pele

Melancia: Rica em vitamina e minerais, como A, C e B6, fósforo,
potássio, cálcio, magnésio e ferro, contribui também para a hidratação de todos
os órgãos, lembrando que a pele é o maior órgão do corpo humano
Amora: A fruta devolve o aspecto sadio da pele, pois é
riquíssima em antioxidantes que combatem os radicais livres – responsáveis por
danificar as células e causar sinais de envelhecimento
Linhaça: A ação positiva que a linhaça causa na saúde
intestinal afeta diretamente a pele. Além disso, o ômega 3 presente no alimento
é um forte colaborador na sustentação da pele e do sistema imunitário. — O
consumo regular dessa semente maravilhosa, rica fonte de ômega 3, deixa a pele
mais hidratada, suave e com um tônus firme
Maçã: Além de ser um alimento quase completo, que cuida da
saúde ocular e previne várias patologias, a fruta também é excelente para ajudar as células na restauração e proteção contra o
envelhecimento precoce
Cenoura: Além de ser um dos alimentos mais ricos em
betacaroteno – potente antioxidante responsável por sua cor alaranjada -, a
cenoura é fonte poderosa de fibras e minerais, como fósforo, potássio, cálcio e
sódio, vitamina A, B2, B3 e C. Todos esses nutrientes são responsáveis por
manter o bom estado da pele e das mucosas e contribui para a cor saudável da
pele, podendo ser usada de várias formas: cruas, cozidas ou em sucos

Manga: Responsável pelo rejuvenescimento, a fruta é fonte de
vitamina e também é rica em antioxidantes. Além de combater os radicais livres,
a manga é capaz de regenerar a cútis, evitando rugas, linhas de expressão e
remover as toxinas existentes no organismo

Além desses alimentos,
Cleonice Pereira reforça a importância das oleaginosas, como castanha de caju,
amêndoas, coco e castanha do Pará, que são um bom suporte de minerais e boas
gorduras, melhoram a elasticidade e combatem infecções, além de fornecerem
colágeno para a pele
Próximo
Enfrentar esse calorão acima dos 30ºC, que anda fazendo em grande parte das cidades brasileiras, exige muito do corpo. Passar protetor solar regularmente e ingerir bastante água são alguns dos cuidados básicos para manter a pele saudável durante essa época.

Mas bons hábitos alimentares são fundamentais para para nutrir as células do corpo e garantir a saúde da pele. Cleonice Pereira, nutricionista que atende pela plataforma GetNinjas, dá dicas de sete alimentos para que devem ser consumidos nos dias mais quentes.

— Se fizermos algumas mudanças simples na dieta podemos melhorar muito a condição da pele e postergar o aparecimento de sinais causados pela idade

Bichectomia,O que é? Onde vive? Como se reproduz?

Bichectomia,O que é? Onde vive? Como se reproduz?

Brincadeiras à parte, o nome assusta, mas na verdade, a Bichectomia consiste na cirurgia de retirada da gordura existente na face conhecida como “bola de bichat” (agora o nome da cirurgia faz todo sentido, não é mesmo?).

Também conhecida como cirurgia da bochecha e muito popular na Colômbia e no México, este procedimento vem ganhando espaço no Brasil para quem quer ter um rosto mais fino.

A bola de Bichat é basicamente uma estrutura de gordura também chamada de corpo adiposo bucal localizada na região das bochechas que confere formato arredondado ao rosto.

Por herança genética ou excesso de peso, muitas vezes essa estrutura é maior do que o desejado. Quando o corpo adiposo passa a incomodar esteticamente é possível resolver o problema com uma cirurgia plástica chamada Bichectomia ou Lipectomia Jugal.

Trata-se de uma cirurgia com recuperação rápida, baixo custo e resultado satisfatório, despertanto assim o interesse de tantos brasileiros.

Leia também: Bichectomia

Como pré-requisitos para o procedimento, o mais importante é que seja feita a avaliação profissional quanto à elegibilidade e quais são as expectativas da paciente quanto ao tratamento. Também é importante que o paciente faça os exames pré-cirúrgicos, que incluem hemograma completo, coagulograma e glicemia, para ver se ele está em condições de saúde para realizar a cirurgia. É também indispensável a avaliação de um cardiologista.

A cirurgia é realizada por meio de pequena incisão dentro da boca bem em cima da bola de bichat em cada lado da face com anestesia local, com ou sem sedação, ou anestesia geral. A duração do procedimento é de aproximadamente 40 a 60 minutos e é suturada com pontos absorvíveis. O paciente recebe alta no mesmo dia e pode voltar as suas atividades no dia seguinte ou no máximo na primeira semana após o procedimento.

O resultado esperado após a bichectomia é um afinamento discreto do rosto. Pessoas com bochechas mais proeminentes podem notar um contraste e afinamento maior. Além disso, pessoas com o rosto mais redondo devido a taxas altas de gordura corporal podem não notar tanta diferença.

É importante ressaltar que após os anos, o rosto começa a sofrer uma perda de gordura. Por isso mesmo, pessoas que se submetem a essa cirurgia podem precisar de preenchimentos posteriormente, para recuperarem uma aparência mais jovial.

Para finalizar, vale lembrar que a bichectomia pode ser associada a outros procedimentos (cirúrgicos ou não) como rinoplastia, lifting facial, preenchimentos com ácido hialurônico e etc.

Qual a melhor pomada para prevenir assaduras em bebes

Qual a melhor pomada para prevenir assaduras em bebes

Na hora de escolher uma pomada contra assaduras para o bebê, as opções são muitas. Todas prometem a melhor proteção para a pele delicada do bebê, mas alguns fatores devem ser levados em consideração no momento desta importante escolha.

Leia mais: Como prevenir e tratar infecções respiratórias no bebê

Antes de mais nada, é importante que a pomada possua entre seus ingredientes o óxido de zinco. Esse composto químico tem propriedades adstringentes com ação antisséptica, secativa e anti-inflamatória.

O Gestação Bebê Selecionou cinco marcas de pomadas contra assaduras, mostrando seus prós e contras. Confira!

Leia também: Hipoglós é bom?

Dermodex Prevent
Um dos melhores custo-benefício entre as pomadas contra assaduras. Essa pomada tem cheiro agradável e não muito forte. Em uma troca de fraldas, a pomada não desaparece completamente, mas também não gruda e é de fácil retirada.

A marca, entretanto, não dispõe de embalagens maiores, e o único tamanho disponível é o de 45 gramas.

Bepantol Baby
A marca antes cbepanonhecida por quem era adepto da tatuagem ganhou há alguns anos no Brasil e versão para bebês. Disponível em dois tamanhos, o produto tem vitamina B5, que, segundo o fabricante, torna a pele do bebê mais resistente a assaduras. O cheiro é agradável e não incomoda, e a retirada durante a troca de fraldas é fácil.

Desitin
Produto preferido das mamães que compram enxoval em Miami e em outros locais no exterior, a pomada da Johnson&Johnson finalmente chegou ao Brasil há poucos meses. Também disponível em mais de um tamanho, o cheiro da pomada é bastante agradável e na troca de fraldas o produto está absorvido por completo. Além disso, o creme é econômico: basta uma pequena quantidade para cobrir toda a região íntima do bebê.

Hipoglóshipoglos_hero
A mais antiga pomada contra assaduras do Brasil – 70 anos de mercado, segundo o fabricante – é certamente também a mais conhecida. Disponível em três tamanhos diferentes, o produto tem entre seus ingredientes o óleo de fígado de bacalhau. Para muitas mamães o cheiro inconfundível é também forte, e a retirada durante a troca de fraldas é difícil e algumas vezes pode demandar um pouco de paciência da mamãe.

Mustela
Com manteiga de karitê e vitamina F, a pomada da marca francesa é cara, porém cheia de benefícios. O cheiro é extremamente agradável e a absorção é completa, não sendo necessário um grande esforço para retirá-la completamente. Em dois tamanhos disponíveis, uma grande desvantagem é não conseguir encontrar o produto em qualquer farmácia ou drogaria.

Com promessa de efeitos potentes, máscaras faciais são nova febre E

Com promessa de efeitos potentes, máscaras faciais são nova febre

Entenda a onda, saiba como e quando usar e conheça os produtos mais indicados para cada efeito

A modelo russa Irina Shayk é adepta das máscaras faciais em seus rituais de beleza
A modelo russa Irina Shayk é adepta das máscaras faciais em seus rituais de beleza Foto: Instagram/ @mimiluzon

As máscaras faciais são o produto do momento no universo da beleza. Popular entre as asiáticas, só recentemente elas conquistaram de vez seu lugar na rotina de cuidados com o rosto do resto do mundo – e não à toa: há cada vez mais tipos disponíveis no mercado, pensados para diferentes tipos de pele, idades e funções. Alguns são indicados para diminuir a oleosidade, enquanto outros ajudam a iluminar e até rejuvenescer a pele.

LEIA TAMBÉM:
Descubra quais são os cuidados e produtos favoritos das tops para o verão
O grande diferencial das máscaras em relação aos cremes tradicionais é seu rápido poder de ação. Para a Dra. Mayara Bravo, dermatologista da All Clinik, o produto está na moda porque é versátil: “Elas são fáceis de aplicar e têm efeito muito rápido”. Isso porque o cosmético contém princípios ativos, como vitamina C, mel ou aloe vera, em altas quantidades. Como esses nutrientes cobrem a pele por completo, ela fica mais propícia a absorvê-los, graças à quantidade aplicada e também ao seu tempo de permanência sobre a face.

Leia também: Máscara de pepino funciona

“A alantoína, um ativo hidratante muito usado em cosméticos, costuma aparecer com uma concentração de 0,2% em cremes comuns. Já nas máscaras, podem estar em até 1%. O ácido acetilsalicílico, utilizado em produtos para tratar a acne e a oleosidade, aparece em uma concentração de até 3% nas máscaras, enquanto em outros produtos não passa de 0,5%”, afirma a Dra. Fernanda Casagrande, médica pós-graduada em Dermatologia Clínica e Estética e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Justamente por esse motivo, o produto não pode ser usado com tanta frequência. O ideal, segundo as especialistas, é que a aplicação aconteça uma vez por semana. “É importante seguir os protocolos de uso do fabricante”, alerta a Dra. Fernanda.

Outra personalidade adepta do produto é a apresentadora Chrissy Teigen
Outra personalidade adepta do produto é a apresentadora Chrissy Teigen Foto: Instagram/ @chrissyteigen

Como escolher o tipo certo?

Como a cartela de opções disponíveis no mercado é imensa, é importante focar no resultado desejado na hora de escolher o produto. “Vale prestar atenção no princípio ativo de cada máscara, que vai indicar como ela age na sua pele. Ela pode ter vitamina C, que apresenta um poder antioxidante; pode ter esfoliantes, que iluminam a pele instantaneamente; podem ter ácido hialurônico, que tem poder umectante e deixa a face mais hidratada, com viço”, explica a Dra. Mayara Bravo.

“Preste atenção nos componentes para evitar alergias, na data de validade, no tempo de permanência no rosto indicado no rótulo e na indicação para o tipo de pele”, avisa a médica.

Elas realmente funcionam?

É fato: as máscaras faciais realmente contribuem para a rotina de cuidados com o rosto. Mas não adianta contar somente com elas na busca por uma pele mais bonita e saudável. “A grande questão é que elas não substituem o cuidado diário indicado para as necessidades de cada tipo de pele”, esclarece Mayara. “As máscaras são recomendadas para o uso semanal (ou quinzenal, dependendo de seu princípio ativo), mas como um complemento da rotina de tratamentos”.

Para que o produto tenha um efeito mais potente e não agrida a pele, é importante lavar bem o rosto antes da aplicação. “Em casos de pele mais oleosa e com acne, você pode até usar um sabonete de esfoliação antes da máscara. Se quiser uma hidratação maior, pode usar um esfoliante em creme para remover as células mortas; assim, os ativos da máscara conseguem penetrar melhor na pele”, segundo a Dra. Fernanda Casagrande.

Sheet masks

Sucesso entre modelos e atrizes, as sheet masks são um tipo de máscara seca que tem funcionado como alternativa prática aos cremes mais densos. São folhas com o formato do rosto, descartáveis, embaladas em sachês individuais, feitas de materiais finos e maleáveis, como a fibra de tecido.

“Como as sheet masks têm o princípio ativo coberto por uma folha, elas contam com uma potência otimizada, já que os nutrientes penetram melhor na pele”, conta a Dra. Mayara Bravo. “É preciso ter cuidado na escolha: se você tem tendência à acne, pode ser que uma máscara com função hidratante piore essa condição. Mas elas são boas soluções para uma melhoria rápida na pele, apesar de o efeito ser passageiro”.

Para a Dra. Fernanda, outro ponto positivo das máscaras de tecido é a praticidade. “Você não precisa lavar o rosto na hora de retirar, além de poder levar para viagens e eventos com facilidade”, diz ela.

Biotina: O Que É e Para Que Serve?

Biotina: O Que É e Para Que Serve?

Também conhecida como vitamina B8, vitamina B7, ou vitamina H, a biotina é uma das vitaminas que fazem parte do Complexo B. Ela é essencial ao ser humano, e por se tratar de um composto hidrossolúvel (absorvido pelo intestino e levado aos tecidos através da circulação), precisa de reposição diária, já que o corpo não pode armazená-la, por isso faz com que o excesso seja expelido na urina.

Função da Biotina
A biotina trabalha no organismo como uma enzima, processando as gorduras, açúcares, proteínas e carboidratos, gerando energia para o corpo e produzindo ácidos que mantém a pele, as unhas e os cabelos em bom estado. Ela também atua no sistema nervoso como calmante.

Onde encontramos a Biotina

Existem muitos alimentos onde podemos encontrar essa vitamina, entre eles estão: leite e derivados (como queijo, manteiga e iogurte), carne de boi, aves e peixes, gema de ovo, nozes, soja, aveia, gérmen de trigo, espinafre, couve-flor, arroz integral e frutas (principalmente laranja, melão, abacaxi, banana, morango, melancia e abacate).

Os que possuem grandes quantidades de biotina são: gema de ovo, soja, leite e peixe. Mesmo após o cozimento, a vitamina permanece sem alterações.

Leia também: o que é Biotina

É importante saber que a clara do ovo crua inibe a absorção da biotina no corpo. Mas isso só acontece se o ovo estiver cru. A clara cozida ou frita não representa nenhum problema para a biotina. A ingestão frequente de bebidas alcoólicas também reduz significativamente a absorção dessa vitamina.

Também é possível encontrar a biotina em cápsulas vendidas em farmácias. Algumas possuem uma fórmula pronta e outras são encomendadas em farmácias de manipulação. Mas para tomar esses complementos é necessário o acompanhamento de um médico, geralmente dermatologista, pois além de ser mais seguro, para comprar esses produtos é preciso ter em mãos uma receita médica.

Leia Também:
Sucos Emagrecedores
Conheça a Dieta da USP

Nem mais, nem menos, apenas o necessário!
Benefícios da biotina: Os principais benefícios da biotina são: fortalecimento das unhas, combate à queda de cabelo, renovação da pele e redução do colesterol. Apesar de não ser esse o principal foco da biotina, ela também pode auxiliar nos tratamentos de emagrecimento, já que atua no processamento das proteínas, carboidratos e gorduras.

Efeitos da falta de biotina no corpo: Apesar de não ocorrer com muita frequência, a deficiência de biotina pode acontecer em pessoas que passaram por uma desnutrição grave de proteínas, em pessoas alcoólatras ou pelo consumo excessivo de clara de ovo crua ou de medicamentos para epilepsia.

Essa deficiência pode causar dores musculares, problemas dermatológicos, seborréia, queda de cabelo, furúnculos, flacidez, perda de apetite, colesterol alto, anemia e até depressão.

Reações ao excesso de biotina: Não há casos conhecidos de efeitos causados pelo excesso dessa vitamina, pois, como falamos anteriormente, o corpo absorve apenas a quantidade necessária para a sua função diária e depois elimina o excesso pela urina. Portanto, não adianta tomar doses altas de biotina. O ideal é que ela seja consumida diariamente em quantidade suficiente. São recomendadas doses de 100 a 200 microgramas por dia (facilmente absorvidas numa alimentação diária equilibrada).

Biotina engorda?
Não. A biotina não causa aumento de peso. Como vimos, ela é essencial para o bem estar do nosso corpo e está relacionada a alimentos saudáveis e à redução do colesterol.

Também não podemos afirmar que ela por si só emagrece, mas a verdade é que se aliada a um tratamento de emagrecimento e a uma dieta balanceada, pode gerar bons resultados para quem quer perder peso. Por isso é comum encontrar biotina na fórmula de inibidores de apetite, onde somam o seu papel de transformar as proteínas e carboidratos em energia à outras vitaminas e componentes.

Adquira hábitos alimentares saudáveis, inclua não apenas a biotina na sua dieta, mas também alimentos de todas as classes: carboidratos, fibras, proteínas, aminoácidos, lipídeos, outras vitaminas e minerais. Não faça dietas por conta própria. Procure um médico e siga suas orientações.

24 receitas de suco verde para adicionar ao seu cardápio

24 receitas de suco verde para adicionar ao seu cardápio

Esse tipo de bebida é indicado para todo mundo, especialmente para quem busca uma reeducação alimentar e melhorar a saúde em geral
Cada vez mais as pessoas têm se preocupado em seguir hábitos mais saudáveis. E quando o assunto é alimentação, vira e mexe surge uma novidade: é um alimento que faz bem para saúde de forma geral; um chá que ajuda a emagrecer; um ingrediente que deve ser incluído no preparo dos pratos etc.

Tudo isso acaba deixando algumas pessoas na dúvida. Afinal, o que funciona mesmo? O que deve ser incluído no cardápio?

Leia também: Farinha seca barriga bula

É fato que existem inúmeros alimentos poderosos, é consenso que saúde e boa alimentação caminham juntas. Porém, às vezes, alguns alimentos/ingredientes/bebidas apontados como “milagrosos” – especialmente quando o objetivo é perda de peso – ganham uma fama “exagerada”.

Mas, um tipo de bebida que já faz sucesso há um bom tempo e que, de fato, merece todo destaque é o chamado suco verde. E se você tinha dúvidas sobre isso, vai adorar saber um pouco mais sobre ele e, principalmente, conferir deliciosas receitas para fazer em casa!

Leia também: Kifina bula

Afinal, o que é o suco verde?

FOTO: GETTY IMAGES

“O suco verde não é apenas uma moda e nem parte de um tratamento milagroso, ele é uma preparação com propriedades específicas, envolvendo os conceitos da nutrigenômica – que têm como finalidade promover a renovação do funcionamento fisiológico do aparelho digestivo, aumentando a vitalidade e a energia, melhorando a circulação, reforçando as defesas do organismo e retardando o processo de envelhecimento”, destaca Karyna Pugliese, nutricionista da equipe Noiva em Forma.

Leia também: Gelo saborizado deixa as bebidas mais bonitas e gostosas

“Fontes de fibras, vitaminas, minerais, ricos em clorofila, ácidos fenólicos, glicosídeos e flavonóides, os sucos verdes agem como potentes catalisadores da eliminação de toxinas e possuem o objetivo de fornecer ao organismo muitos nutrientes, ativando o metabolismo e auxiliando os órgãos como um todo”, explica a nutricionista Karyna.

Thaianna Velasco, nutricionista funcional da Clínica Helena Costa, no Rio de Janeiro, ressalta que os sucos verdes são aqueles que misturam folhas verde-escuras com frutas e outros alimentos considerados funcionais. “Como esse tipo de suco concentra alimentos de alto valor nutricional, esses alimentos, juntos, formam uma bebida riquíssima em vitaminas, minerais e antioxidantes, capaz de trazer inúmeros benefícios à saúde”, diz.

Leia também: Phytophen bula

24 sugestões de suco verde

FOTO: GETTY IMAGES

Com certeza vale a pena incluir o suco verde na sua dieta e abaixo você confere boas receitas e dicas para isso!

1. Suco verde de couve com limão: ½ limão + 1 folha de couve + 200 ml de água. Coloque o suco do limão juntamente com a folha de couve no liquidificador e vá acrescentando água ao poucos. Quando o suco estiver numa textura e cor uniforme, estará pronto.

2. Suco verde tradicional: 2 laranjas + 3 folhas de couve + 1 pedacinho de gengibre + 1 litro de água. Descasque as laranjas, corte-as em pedaços, tirando as sementes; coloque no liquidificador junto com as folhas de couve bem lavadas e com talo. Acrescente o gengibre e a água. Bata tudo. Coe só se necessário.

Leia também: 10 sucos com poderes medicinais

3. Suco de couve com maçã: 2 maçãs + 2 folhas de couve + ½ limão + 200 ml de água. Corte as maçãs ao meio e retire suas sementes, colocando no liquidificador com os demais ingredientes. Coe só se necessário.

4. Suco verde de abacaxi e pepino: 1 fatia média de abacaxi + 1 folha grande de couve + 1 pedaço pequeno de pepino + 1 fatia fina de gengibre + 200 ml de água de coco (ou água). Coloque todos os itens no liquidificador e depois bata bem para não precisar coar.

5. Suco de maçã verde e couve: 1 maçã verde + 1 folha de couve grande + 1 pedaço pequeno de erva doce fresca + 200 ml de água de coco (ou água). Coloque todos os itens no liquidificador e depois bata bem para não precisar coar.

6. Suco verde diurético (receita da Dra. Karyna Pugliese): 1 folha grande de brócolis + 1/2 limão inteiro (polpa e casca) + 1/2 pepino japonês com casca, cortado em pedaços + 1 talo de salsão + 1 fatia grande de melão + 1 punhado de salsa + 200 ml de água de coco. Bata todos os ingredientes no liquidificador. Beba sem coar.

7. Suco verde energizante (receita da Dra. Karyna Pugliese): 1 punhado de agrião + 1 cenoura pequena cortada em pedaços + 1 pedaço (2 cm) de gengibre + 1 colher (chá) de maca peruana + suco de 1 limão + 200 ml de suco de laranja. Bata todos os ingredientes no liquidificador. Beba sem coar.

Leia também: O poder do suco rosa

8. Suco verde desintoxicante (receita da Dra. Karyna Pugliese): 1 folha de couve + 1 maçã média com casca e sem semente, cortada em pedaços + 1 talo de erva doce + 1 punhado de salsinha e hortelã + suco de 1/2 limão + 200 ml de água. Bata todos os ingredientes no liquidificador. Beba sem coar.

9. Suco verde anti-inflamatório (receita da Dra. Karyna Pugliese): 1 xícara de chá de mix de folhas verde-escuras (exceto espinafre cru, pois é rico em oxalato) + 1 xícara (café) de Aloe Vera + 1 maçã com casca + 1 colher (sopa) de semente de linhaça dourada + 1 punhado de hortelã + 1 punhado de alecrim. Bata todos os ingredientes no liquidificador. Beba sem coar.

10. Suco verde de caju: 1 polpa congelada de caju + 1 folha grande de couve + 1 pequeno punhado de salsão + 1 fatia fina de gengibre + 200 ml de água de coco (ou água). Bata bem todos os ingredientes no liquidificador e tente beber sem coar.

11. Suco verde de pera com salsinha (receita da Dra. Carla Cotta): Primeiramente prepare cubos de salsinha (bata 1 molho de salsinha com 500 ml ou mais de água alcalina ou água de coco natural no liquidificador até ficar uma água bem verdinha. Leve sem coar para preencher a forma de gelo e congele por no máximo uma semana). Para o suco use 2 a 3 pedras de cubos de salsinha + 1 pera com casca e sem caroços + 6 folhas de hortelã + 1 lasca de gengibre fresco ou cúrcuma fresca sem casca + 200 ml de água filtrada e alcalina ou água de coco natural. Bata no liquidificador todos os ingredientes até que todos incorporem e tome em seguida.

12. Suco verde com pêssego: 1 polpa congelada de pêssego + 1 folha grande de couve + 1 colher (chá) de salsinha + 1 fatia fina de gengibre + 200 ml de água de coco (ou água). Bata bem todos os ingredientes no liquidificador e tente beber sem coar.

Leia também: Suco de couve: por que acrescentá-lo à sua dieta?

13. Suco verde com acerola: 1 polpa congelada de acerola + 1 folha grande de couve + 1 pedaço pequeno de erva doce fresca + 1 fatia fina de gengibre + 200 ml de água de coco (ou água). Bata bem todos os ingredientes no liquidificador e tente beber sem coar.

14. Suco verde com maracujá e clorofila (receita da Dr. Thaianna Velasco): ½ maracujá + 100ml de água de coco + 1 maçã + clorofila congelada. Bata no liquidificador.

15. Suco verde com melancia e morango (receita da Dr. Thaianna Velasco): 2 ramos de hortelã + 1 fatia de melancia + 4 morangos + 1 pedaço de gengibre (pequeno) + 1 pitada de canela. Bata no liquidificador ou na centrífuga.

16. Suco verde com espinafre e blueberry (receita da Dr. Thaianna Velasco): Cubos (de gelo) de couve e espinafre + 150 ml de água de coco + blueberry + 1 colher de chia. Bata no liquidificador.

17. Suco verde com limão siciliano (receita da Dr. Thaianna Velasco): 2 folhas de couve + 1 maçã + 1 limão siciliano + 1 pedaço pequeno de raiz gengibre. Centrifugar. Acrescentar ao copo depois de pronto uma colher de sopa de linhaça ou farinha de banana verde.

18. Suco verde com kiwi: 1 kiwi + 1 folha grande couve + 1 pedaço pequeno de pepino + 3 folhinhas de hortelã fresca + 200 ml de água de coco (ou água). Bata bem todos os ingredientes no liquidificador e tente beber sem coar.

19. Suco verde com brócolis: suco de 1 limão + 2/3 xícara (chá) de brócolis + 3 folhinhas de hortelã fresca + 200 ml de água de coco (ou água). Bata bem todos os ingredientes no liquidificador e tente beber sem coar.

20. Suco verde com maracujá: 1 maracujá + 1 folha grande de couve + 1 pedaço pequeno de pepino + 1 fatia fina de gengibre + 200 ml de água de coco (ou água). Faça primeiro um suco com a água de coco (ou água) e o maracujá, depois bata com os demais ingredientes e tente beber sem coar.

21. Suco verde com melão: 1 fatia média de melão + 2/3 xícara (chá) de agrião + 1 pedaço pequeno de erva doce fresca + 1 fatia fina de gengibre + 200 ml de água de coco (ou água). Bata bem todos os ingredientes no liquidificador e tente beber sem coar.

22. Suco de maçã com pepino: 1 maçã + 1 folha de couve + 1/2 pepino japonês + 1 fatia fina de gengibre + 1 colher (chá) de chia + 400 ml de água de coco. Bata bem todos os ingredientes no liquidificador e tente beber sem coar.

23. Suco verde desintoxicante com melancia: 2 fatias grossas de melancia + 1 maço pequeno de salsinha + 2 maçãs + 2 talos de salsão com as folhas + 3 talos de erva doce + 1 cenoura + 2 laranjas + 2 folhas de couve +1 pepino inteiro. Bata bem todos os ingredientes no liquidificador. Coe só se necessário.

24. Suco verde com frutas vermelhas: 1 folha de couve + 1 xícara e meia de frutas vermelhas (morango, framboesa, amora) + 150 ml de suco de laranja + 1 punhado de folhas de hortelã. Bata bem todos os ingredientes no liquidificador. Beba sem coar.

Vale destacar que essas são apenas algumas das muitas receitas de suco verde que você pode fazer! Escolhendo bons ingredientes é possível criar sucos deliciosos e supersaudáveis!

Benefícios do suco verde

FOTO: GETTY IMAGES

Carla Cotta, nutricionista funcional da Clínica Essendi no Rio de Janeiro, explica que as vitaminas e minerais presentes na combinação de frutas e vegetais verde-escuros proporcionam saciedade e vitalidade. “O benefício está relacionado ao potencial alcalino dos vegetais verde-escuros e às vitaminas e minerais como magnésio e cálcio, presentes nas frutas e vegetais, com excelente ‘biodisponibilidade’ para nutrição celular”, diz.

Karyna destaca como principais benefícios do suco verde:

É destoxificante;
É antioxidante;
É anti-inflamatório;
É termogênico;
Fortalece o sistema imunológico;
Auxilia no tratamento da anemia;
Auxilia o sistema cardiovascular;
Auxilia o processo de emagrecimento;
Promove funcionamento intestinal;
É rejuvenescedor;
É hidratante;
É energético e tonificante;
Previne doenças.
O que não pode faltar na receita?

FOTO: GETTY IMAGES

Thaianna destaca que o suco verde precisa conter folhas verde-escuras como, por exemplo, couve, salsa, espinafre, clorofila, hortelã.

Karyna fala abaixo sobre “superalimentos” que fazem toda a diferença no suco verde:

Folhas Verdes: possuem magnésio, mineral, têm participação na contração e relaxamento muscular, funcionamento de certas enzimas do organismo, produção e transporte de energia e produção de proteínas e auxiliam no aumento do hormônio adiponectina responsável pela saciedade. “Possuem ferro não heme, que faz transporte de oxigênio e regulação do crescimento e diferenciação celular. Nitrato que ativam a contratabilidade gástrica e relaxamento muscular, possui ação antioxidante, auxilia na fluidificação do sangue e agregação plaqueta ria, auxilia na purificação e função do fígado”, acrescenta a nutricionista Karyna.

Gengibre: Raiz usada na culinária e na medicina, é reconhecida por ser um alimento termogênico, capaz de acelerar o metabolismo e favorecer a queima de gordura corporal. “Possui ação bactericida, desintoxicante, melhorando o desempenho do sistema digestivo, respiratório e circulatório. O gengibre também ameniza náuseas. Age diretamente no fígado auxiliando na limpeza e metabolização dos nutrientes”, acrescenta Karyna.

Leia também: Suco verde

Maçã: Fruta rica em pectina que auxilia na saciedade, gelificação intragástrica e equilibra colesterol. “Possui ainda inulina, um potente parabiótico (alimento para as boas bactérias do intestino)”, diz a nutricionista Karyna.

Limão: Excelente fonte de vitamina C, auxilia a manter o pH gástrico evitando a acidez metabólica, “além de ter uma ação antioxidante potente, que fortalece o sistema imunológico, retarda o envelhecimento precoce, bloqueia radicais livres, oferecendo assim proteção contra o câncer e demais doenças”, explica Karyna.

Suco verde: coar ou não coar?
A nutricionista Thaianna explica que, para se aproveitar todos os benefícios do suco verde e ainda diminuir o índice glicêmico, o ideal é que ele não seja coado. ”Porém, pessoas com o intestino com tendência a ser solto podem diminuir a quantidade de fibras coando o suco”, diz.

Uma dica importante é sempre bater bem os ingredientes no liquidificador para não ter a necessidade de coar o suco.

Como consumir o suco verde?

FOTO: GETTY IMAGES

Karyna explica que um copo de 300 ml de suco verde é uma quantidade satisfatória para ser consumida por dia. “O consumo deve ocorrer até 10 minutos após o preparo e, preferencialmente, em jejum. Dessa forma, possui menor chance de oxidar e estimula a decodificação do fígado, eliminando as toxinas e excessos acumulados, ajudando a acelerar o metabolismo e preparando o organismo para receber os nutrientes do dia. Depois é recomendado aguardar entre 15 a 30 minutos para a próxima refeição”, diz.

Thaianna destaca que em jejum e pela manhã é o melhor horário para se tomar o suco verde. Mas isso não quer dizer que ele não possa ser tomado em outro horário. “Em jejum, os benefícios são apenas potencializados”, diz.

A nutricionista Thaianna destaca que não se deve tomar o suco verde junto com as principais refeições. “Isso porque, durante a alimentação, precisamos de acidez para uma boa digestão e o suco verde é altamente alcalino, alterando a acidez necessária para esse momento”, explica.

Para quem é indicado o suco verde?
Thaianna explica que o suco verde é indicado para todas as pessoas, principalmente para quem busca uma reeducação alimentar e melhorar a saúde intestinal e a saúde em geral.

A nutricionista Carla ressalta que esse tipo de suco é indicado para saúde óssea, vitalidade, em alguns casos de anemia e no processo de destoxificação – já que a couve e outros vegetais verde-escuros favorecem a eliminação de toxinas no fígado principalmente.

Dicas para facilitar o preparo e consumo do suco verde

FOTO: GETTY IMAGES

Com a correria do dia a dia muita gente comenta que não tem tempo para preparar seu suco verde. Porém, algumas dicas podem ajudar neste sentido. Confira:

1. Faça o suco verde congelado

Karyna destaca que o suco verde congelado é um facilitador para quem deseja consumi-lo, mas não tem tempo de prepará-lo diariamente. “O ideal seria prepará-lo a cada três dias”, diz. Anote a receita:

1 maço de folhas de couve manteiga
3 maçãs
1 abacaxi inteiro (sem casca)
1 gengibre inteiro pequeno (sem casca)
3 talos de salsão ou erva doce
1 maço de salsas
1 maço de hortelãs
Água mineral o quanto baste.
Modo de preparo: bata tudo no liquidificador até formar uma pasta grossa, coloque em forminhas de gelo ou direto em garrafas de 200 ml e congele rapidamente para não oxidar. Retire na noite anterior mantendo em geladeira. No dia seguinte adicione 150 ml de água ou água de coco.

2. Faça gelos de couve

Quando você compra um maço de couves, geralmente não o usa por inteiro. Uma dica ótima para conservar as folhas e também para facilitar o preparo dos seus sucos é transformá-las em gelo.

Coloque as folhas no liquidificador com uma quantidade pequena de água (somente para conseguir bater). Transfira o conteúdo para a bandeja de gelo. Depois, é só usar as pedrinhas de gelo de couve para fazer seu suco verde.

3. Corte os alimentos na noite anterior

Para agilizar o preparo do suco, você pode deixar frutas e legumes já higienizados e cortados em cubinhos na geladeira na noite anterior.

Mas, o ideal, de acordo com a nutricionista Carla, para que se evite perda de vitaminas, como a vitamina C que é muito sensível, é que o preparo seja feito na hora do consumo, evitando também a oxidação de nutrientes. “Os métodos que preservam mais os nutrientes são os que usam prensagem a frio. Dica: usar água alcalina, preferencialmente, para preparar os cubinhos de couve ou vegetais verde-escuros e deixar congelado por no máximo uma semana”, finaliza.

Por fim, uma dica preciosa é sempre variar a receita! Experimente várias combinações de suco verde até mesmo para não enjoar e conseguir manter uma rotina de tomá-lo. Troque as frutas, acrescente água de coco em uma ou outra receita, experimente acrescentar especiarias… Tudo é válido!

RESENHA: GEL REDUTOR DE MEDIDAS – D’AGUA NATURAL

RESENHA: GEL REDUTOR DE MEDIDAS – D’AGUA NATURAL

Oiiii minhas tchucas, como vocês estão? Eu estava morreeeeeeendo de saudade de vocês! Com a correria da vida eu acabei deixando o blog e o canal meio de lado, mas prometo que sempre que tiver um tempo livre eu posto coisas novas! Chega de blá blá blá e vamos ao que interessa…

Leia também: Phytophen funciona

Bom meninas, quem me acompanha no Instagram já deve ter visto que estou entrando em um projeto de perder 8kg até janeiro de 2016. Por que disso? Eu acabei me descuidando em relação a alimentação e também parei de fazer academia. Nesse período, eu acabei engordando 8KG. SIM, 8KG!! E agora para emagrecer eu resolvi mudar alguns hábitos alimentares e começar a cuidar mais do corpo com cosméticos próprios para perda de peso.

Na foto eles estão com o número 1 e 2, que será a sequência que falarei sobre eles.

Leia também: Womax Gel Lipo funciona

Número 1: GEL REDUTOR PARA O CORPO – MENTOL E CÂNFORA.

Como está dizendo na foto, ele auxilia na redução de celulite, gordura localizada e flacidez. Ao ser aplicado sobre a pele, ele provoca um resfriamento brusco fazendo com que o organismo trabalhe para reaquecer o local, e assim, liberando energia e mandando embora as gorduras localizadas. Ele é um gel crioterápico e os tratamentos estéticos com crioterápico são utilizados como bandagem.

Leia também: Kifina funciona

Para fazer a bandagem você vai precisar de:
Uma vasilha
Água gelada
Gelo
Ataduras
Gel crioterápico.

Passe uma camada nem tão fina nem tão grossa do gel crioterápico na região a ser tratada, depois pegue a vasilha coloque a água gelada e o gelo, depois molhe as ataduras na água, retire o excesso. Coloque a atadura na região a ser tratada e deixe agir por 40 minutos. Depois retire o excesso de creme e espalhe o que sobrou, apenas espalhe, não massageie. O objetivo dos crioterápicos é resfriar a região, com isso seu corpo trabalha para aquecer aquele local e deixar seu corpo em equilíbrio, para que esse processo de aquecimento aconteça é preciso de energia, então ao fazer a bandagem gastamos energia e é ai que reduzimos medidas, pois as gorduras são armazenadas para essa finalidade…

Leia também: Farinha seca barriga funciona

Número 2: CREME DE MASSAGEM TERMO ATIVO – NICOTINATO DE METILA.

Segundo o fabricante, ele combina vários ingredientes que potencializam os efeitos dos tratamentos estéticos: Guaraná, Hera, Centella Asiática, Cavalinha e Castanha da Índia, plantas conhecidas por possuírem propriedades descongestionantes, revitalizantes e reconstituintes da pele.

O Nicotinato de Metila (presente no gel) provoca intenso aquecimento e vermelhidão (não se desespere, o vermelho dura 40 minutos e depois do banho some completamente), ocasionando o aumento da circulação sanguínea local. Esse aumento da circulação melhora a oxigenação dos tecidos e a penetração dos ativos, desinflamando a celulite.
Esse creme é usado para massagens linfáticas pois acelera a circulação no local, melhorando o resultado da massagem.

O QUE EU ACHEI SOBRE OS CREMES?

Gente, embora eu esteja fazendo a resenha dos cremes agora, eu comprei eles final ano passado e gastei em média R$ 100,00 reais nos dois juntos. Achei que super valeu a pena pois são potes com mais de meio kg de produto e rendem muito!!

Eles cumprem o que prometem?
Então tchucas, na época que comprei, eu usava manequim 40, e depois do tratamento, eu comecei a usar 36. Diminuiu demais a circunferência das minhas coxas e cintura, e senti que ficou tudo mais firme. Eu pesava 65kg e fui para 55kg, ou seja, emagreci 10kg em três meses. Claro que combinado com uma refeição balanceada e exercícios físicos. NÃO FIZ DIETA! Apenas cortei alguns itens que costumava comer. E agora engordei por ter descuidado disso.

Comentem abaixo se vocês querem vídeo de como eu faço massagem linfática em mim mesma ou se vocês tem alguma dica para me ajudar a perder peso, comenta também!

GEL CORPS HINODE FUNCIONA? REDUTOR DE MEDIDAS, CELULITE E ESTRIAS!

GEL CORPS HINODE FUNCIONA? REDUTOR DE MEDIDAS, CELULITE E ESTRIAS!

GEL CORPS HINODE FUNCIONA? REDUTOR DE MEDIDAS, CELULITE E ESTRIAS! – OLÁ MENINAS, tenho certeza que muitas de vocês estavam curiosas sobre esse produto e os milagres que ele ta fazendo néh?! Haha afinal, como que só um gel pode reduzir medidas, melhorar as estrias e tratar celulite?

Leia também: Womax Gel Lipo funciona

GEL CORPS HINODE FUNCIONA?

GEL CORPS HINODE REDUTOR DE MEDIDAS, CELULITE E ESTRIAS!

O QUE É ?
Primeiramente, ele é um gel redutor de medidas exclusivo da empresa HINODE, desenvolvido para auxiliar na queima de gordura localizada. Sua fórmula é feita com cânfora e mentol, o que causa uma grande sensação de frescor e de calor ao mesmo tempo. Indicado também para tratar estrias e celulite! O que é marah!

Leia também: Kifina é bom

BENEFÍCIOS DO GEL CORPS HINODE:
Auxilia na firmeza da pele e na queima de gordura localizada
Faz a crioterapia, o tratamento a frio
Esquenta e esfria ao mesmo tempo causando a vasodilatação superficial, ajudando a combater a gordura localizada. Relaxa a temperatura da pele, mantendo o equilíbrio térmico.
Trata e melhora o aspecto das celulites e estrias

COMO USAR O GEL CORPS HINODE?
Dependendo da região do corpo, o gel pede massagens específicas para que o efeito seja maior. Especificando por partes do corpo:

Leia também: Phytophen é bom

Barriga: movimentos circulares em sentido horário
Pernas: movimentos amplos, circulares e ascendentes
Braços: movimentos circulares e ascendentes
Bumbum: movimento circulares e de levantamento

Leia também: Phytophen é bom

RECOMENDAÇÃO DA FABRICANTE – Deixar agir por mais ou menos 30 minutos, e não colocar por cima da aplicação do produto manta térmica, plástico ou roupa apertada.

OPCIONAL – Após os 30 minutos de ação você pode remover o gel e usar uma cinta para ajudar a modelar.

NUNCA – Nunca use o produto e exponha ao sol.

ANTES E DEPOIS GEL HINODE – 1 MÊS
Fernanda!! Vai ter antes e depois do gel? CLARO que vai meninas! O antes e depois do gel eu vou colocar aqui atualizando os resultados a cada mês como sempre faço. E também os dados da minha avaliação física, porque o que importa é reduzir medidas e percentual de gordura.

Antes e depois dos primeiros 30 dias usando o Gel da Hinode . Nesse mês melhorei a minha alimentação (em casa mesmo, não fui em uma nutri) e usei os produtos não cheguei a fazer atividades físicas. Mas agora já comecei a academia pra ter resultados ainda melhores!

COMO USEI: Aplicava na pele e deixava agir (sem usar cinta! porque não é recomendado abafar o gel)

Gel Corps Hinode (AQUI) usando o cupom “FERNANDABELEZA” fica por 44,90

MINHA AVALIAÇÃO FÍSICA – ANTES
Como eu falei pra vocês (aqui) no post sobre o meu emagrecimento eu nunca fui uma pessoa fitness, mas chega uma hora que você tem que dar uma atenção especial para o corpo, principalmente quando o seu percentual de gordura está alto. Por isso eu acho muito importante ter os dados da avaliação.

RECOMENDAÇÕES E DICAS!
É bom reduzir o consumo de sal e de alimentos gordurosos. O sal ajuda a reter água no organismo;
Das preferência às verduras, legumes e frutas, pois elas causam sensação de saciedade e eliminam toxinas e líquidos.
Evitar também refrigerantes (o grande amigo da celulite mulherada), eles contém muito sódio e açúcar que costumam se acumular em forma de gordura no nosso corpo.
Beber muita água!

DICA: Como todo e qualquer produto que auxilia em queima de gordura, emagrecimento, melhora da pele e tudo mais, tendem a ter melhores resultados quando associados a uma dieta balanceada e a atividades físicas. Afinal de nada adianta usar um gel redutor de celulite e continuar comendo batata frita dia sim dia não né meninas? Kkkk todas sabemos disso.

ONDE COMPRAR O GEL CORPS DA HINODE?
E agora, onde eu encontro esse gel poderoso? Então meninas o meu como sempre eu comprei online, no site da MaisemCasa vocês encontram o gel e todos os outros produtos da Hinode. Muito legal! Eu vou deixar aqui abaixo o link do gel pra vocês conferirem!

Curso de Algoritmo

Curso de Algoritmo

Hoje em dia, algoritmos computacionais estão presentes em quase tudo na nossa vida. Além dos tradicionais computadores e notebooks, muitos estão totalmente acostumados com o uso de aplicativos para smartphones e tablets, TVs inteligentes podem executar programas personalizados e até mesmo outros aparelhos que usamos no nosso dia-a-dia.

Leia também: Fórmula negócio online comprar

O Curso de Algoritmo é a base necessária para quem quer aprender em linguagens famosas do mercado, como C, Java, PHP e muitas outras. Inscreva-se no curso agora mesmo e aprenda as técnicas básicas para a construção de programas para dispositivos eletrônicos.

Saiba como usar o colágeno e quais são seus benefícios

Saiba como usar o colágeno e quais são seus benefícios

Os benefícios do colágeno na estética são bastante conhecidos por contribuir com a beleza da pele. Mas ele também tem grande influência na saúde do corpo como um todo, especialmente para a integridade das juntas e articulações.

Com o passar do tempo a produção de colágeno entra em queda, sendo necessária a sua reposição, especialmente para as mulheres. Elas produzem menos colágeno do que os homens, com isso, os efeitos da sua diminuição na pele e nas articulações tendem a aparecer primeiro nelas.

Neste artigo, você vai conhecer os benefícios e como usar essa proteína tão importante para o organismo. Vamos lá?

O que é o colágeno?
O colágeno é a principal proteína do corpo humano, estima-se que aproximadamente 1/3 da proteína do nosso organismo seja formada por ela. Sua principal função é dar firmeza, elasticidade e suporte à pele. Ele é responsável por produzir fibras que dão sustentação para o corpo e é encontrado nos cabelos, nas unhas, nos dentes, nos ossos, nas articulações e nas cartilagens.

Leia também: Skin renov

Apesar de ser produzido naturalmente pelo organismo, a partir dos 25 anos de idade sua produção começa a diminuir e aos 30 anos essa queda se torna drástica; em pessoas que sofrem com mudanças hormonais, rotinas estressantes ou que abusam do álcool, cigarros e açúcar, a redução de colágeno pode acontecer ainda mais cedo, por isso, uma reposição de colágeno hidrolisado deve ser providenciada tão logo se perceba essa necessidade, através da ingestão de suplementos que contenham peptídeos de colágeno em tamanho de molécula ideal para prevenir diversos males e fornecer o aporte necessário para a manutenção da saúde, principalmente, cutânea, capilar e das unhas.

Leia também: Nutren Beauty

Os sintomas da sua diminuição são percebidos em todo o corpo. Nos cabelos é possível notar a diminuição da espessura dos fios. No rosto, o aparecimento de rugas e linhas de expressão. Na pele, os efeitos aparecem na redução da elasticidade, da hidratação e no aumento da flacidez. E no corpo, o impacto acontece na redução da densidade dos ossos e no enfraquecimento dos ligamentos e articulações.

Com o passar dos anos, a comunidade científica de pesquisadores, nutricionistas, médicos e farmacêuticos reconheceram que ingerir colágeno é uma necessidade atual e comprovaram que não adianta ser qualquer colágeno. Sabe-se que a gelatina comum e até os pés de frango que muitos estão habituados a consumir possuem grande concentração de colágeno, mas esse colágeno contém aminoácidos com tamanho de partículas que nosso corpo ainda precisa quebrar para diminuir seu tamanho e deixá-lo pronto para absorção e utilização; o que é bem diferente nos suplementos de colágeno hidrolisado que temos no mercado.

Para exemplificarmos vamos explicar sobre o colágeno hidrolisado Racco, matéria-prima base de produtos de qualidade e de resultados comprovados: o colágeno hidrolisado recebe esse nome por ter passado por um processo chamado “hidrólise” ou “quebra”, onde seus aminoácidos estão com tamanho de partícula ideal para nosso organismo absorver e utilizá-lo sem a necessidade de reação interna alguma, pois essa quebra (hidrólise) foi realizada e extremamente controlada pela indústria europeia fabricante dessa matéria-prima; esses pedacinhos de colágeno, também chamados de peptídeos de colágeno, são os ideais para o nosso organismo já os utilizar de imediato e, por isso, apenas 5 gramas ao dia farão a diferença na obtenção dos benefícios propostos.

Quais são os seus benefícios?

Quando pensamos em colágeno, normalmente, lembramos do bem que ele faz para a pele. Entre os seus vários benefícios, podemos citar:

— aumenta a elasticidade e firmeza da pele;

— retarda o aparecimento de rugas e linhas de expressão;

— fortalece os cabelos e as unhas;

— previne a celulite;

— melhora o aspecto das estrias e da celulite.

Pesquisadores da USP de Ribeirão Preto comprovaram os benefícios do colágeno para a pele.

Como incluí-lo na sua rotina?
O colágeno também pode ser encontrado na cartilagem e no osso do boi. Existe no mercado várias opções para a suplementação por meio da alimentação e de cosméticos, como vamos mostrar a seguir:

Nas versões em pó e em cápsulas
O colágeno hidrolisado é uma das formas mais eficazes de suplementação, devido a sua pureza e facilidade para ser absorvido pelo organismo. Ele estimula a produção de colágeno devido a suas altas concentrações de aminoácidos que compõem as proteínas nos seres vivos, como a lisina, prolina, hidroxiprolina e alanina. Lembrando que esses aminoácidos do colágeno hidrolisado devem estar em tamanho de partícula ideal para serem bem e totalmente utilizados pelo organismo; por isso, quanto mais o tamanho dessas partículas de aminoácidos se aproximarem do que nosso organismo precisa, menor quantidade diária será sugerida para consumo e os benefícios serão visíveis e comprovados em poucos dias de ingestão.

A versão em pó não tem gosto e pode ser diluída na água, no suco ou no iogurte. O recomendado é a ingestão de 5 gramas por dia, o que equivale a uma colher de sobremesa. Além de melhorar a aparência e a elasticidade da pele, ele contribui para a prevenção do aparecimento de unhas e cabelos quebradiços e também aumenta a sensação de saciedade por mais tempo, contribuindo para a ingestão de menos calorias ao longo do dia e auxilia nos processos de redução ou manutenção do peso corporal. Além disso, ele não tem gordura, não engorda e não aumenta a retenção de líquidos.

As cápsulas são ainda mais práticas para consumir no dia a dia, pois podem ser levadas para todo lugar, o Maxxi 30+ RACCO, que além de fornecer colágeno hidrolisado em tamanho de partícula ideal, possui associações de vitaminas e minerais que potencializam e estimulam a produção natural de colágeno pelo organismo.

Apesar de não haver contraindicações, não consuma além da recomendação diária indicada na embalagem e converse com o seu médico ou nutricionista antes da ingestão de qualquer suplemento alimentar.

Na composição de produtos de beleza

O colágeno também está presente em produtos de uso tópico. O colágeno, em conjunto com outros ativos, podem ser encontrados em máscaras faciais, hidratantes corporais e cremes firmadores. O uso desses produtos atuam diretamente na pele, contribuindo para a sua hidratação e elasticidade.

Na alimentação
Alguns alimentos estimulam a produção e a melhor absorção de colágeno. Eles são fontes de diversos nutrientes, como o selênio, o zinco e as vitaminas A, C e E. Por isso, inclua na sua alimentação a ingestão de carnes vermelhas, carnes magras, como o frango e peixe, ovo, verduras, legumes, frutas e oleaginosas. Além de fazer bem para a saúde, esse é mais um motivo para ter uma dieta balanceada, não é? No caso de vegetarianos ou veganos, a ingestão de alimentos ricos em proteínas vegetais e vitaminas será essencial. Lembrando que todas as formas de suplementação de colágeno tem origem animal.

O colágeno é uma proteína muito importante pois impacta na saúde do corpo por dentro e por fora. Quando os níveis de produção dele caem, não deixe de incluir na rotina a sua reposição. Ela pode ser feita por meio da alimentação, de cosméticos e da ingestão de suplementos alimentares na forma de cápsulas, bebidas ou em pó.